Compartilhar:  

Contar em nìmpyèshiu

Visão geral da língua

Quarenta e dois em nìmpyèshiu O nìmpyèshiu é uma linguagem artística (ou artlang) concebida por Stephen Escher do Reino Unido, que pode criar o seu conlang. Foi falado pelos antigos Nìmpyèràn no mundo de Sha̤nhaa. O nìmpyèshiu é uma linguagem analítica com uma ordem de palavras VSO (Verbo-Sujeito-Objeto).

Lista de números em nìmpyèshiu

  • 116 – ji
  • 216 – jè
  • 316 – sa̤m
  • 416 – shì
  • 516 – rá
  • 616 – lìun
  • 716 – jii
  • 816 – pa̤n
  • 916 – jìu
  • A16 – shrì
  • B16 – lè
  • C16 – dù
  • D16 – tyì
  • E16 – cha
  • F16 – ka
  • 1016 – he̤
  • 2016 – jèhe̤
  • 3016 – sa̤mhe̤
  • 4016 – shìhe̤
  • 5016 – ráhe̤
  • 6016 – lìunhe̤
  • 7016 – jiihe̤
  • 8016 – pa̤nhe̤
  • 9016 – jìuhe̤
  • A016 – shrìhe̤
  • B016 – lèhe̤
  • C016 – dùhe̤
  • D016 – tyìhe̤
  • E016 – chahe̤
  • F016 – kahe̤
  • 10016 – paa

O sistema de numeração hexadecimal (base 16)

A numeração do idioma nìmpyèshiu usa o sistema de base 16. Para o compreender, começamos com uma base mais familiar: a base decimal. Na base 10, temos dez algarismos, de zero a nove. Ao acrescentar 1 (um) a 9 (nove), obtemos 10 (dez), ou seja a unidade 1 (um) seguida por 0 (zero). Este sistema é chamado notación posicional (os algarismos representam as unidades, e a sua fila o expoente de dez). Assim, 178 descompõe-se em 100 + 30 + 2 = 1*102 + 7 *101 + 8 *100.
Os algarismos da base 16 são os de 0 a 9, e depois as letras A até F. A primeira dezena é 16 em decimal (1610 = 1016), a base escrevendo-se em sub-índice. A decomposição de um número de base 16 (num sistema posicional) é equivalente ao sistema decimal, só a base muda: (178)16 = 1*162 + 7 *161 + 8 *160. Se fizermos o cálculo, recuperamos o número decimal correspondente, neste caso 376.

Algarismos e números em nìmpyèshiu

Os números baseiam-se num antigo sistema de cómputo que agrupa as marcas em grupos de quatro. As três marcas finais no carácter para quatro foram simplificadas num único traço curvo. Os caracteres para cinco a dezasseis consistem numa fonética que representa o múltiplo anterior de quatro, mais os numerais de um a quatro à direita dela.

1
116
2
216
3.
316
4
416
5
516
6
616
7
716
8
816
9
916
10
1016
11
1116
12
1216
13
1316
14
1416
15
1516
16
1616

Regras de numeração do nìmpyèshiu

Agora que teve uma visão geral dos números mais comuns, vamos passar para as regras para escrever as dezenas, os números compostos, e porque não as centenas, os milhares e além (se for possível).

  • Os algarismsos nìmpyèshiu do zero até quinze são: lìam [0], ji [1], [2], sa̤m [3], shì [4], [5], lìun [6], jii [7], pa̤n [8], jìu [9], shrì [A16/1010], [B16/1110], [C16/1210], tyì [D16/1310], cha [E16/1410] e ka [F16/1510].
  • As dezenas formam-se por sufixação do algarismo multiplicador com a palavra para dez (he̤), exceto para dez em si: he̤ [1016/1610], jèhe̤ [2016/3210], sa̤mhe̤ [3016/4810], shìhe̤ [4016/6410], ráhe̤ [5016/8010], lìunhe̤ [6016/9610], jiihe̤ [7016/11210], pa̤nhe̤ [8016/12810], jìuhe̤ [9016/14410], shrìhe̤ [A016/16010], lèhe̤ [B016/17610], dùhe̤ [C016/18010], tyìhe̤ [D016/20810], chahe̤ [E016/22410] e kahe̤ [F016/24010].
  • Os números compostos formam-se começando com a dezena hexadecimal, diretamente seguida pela unidade sem espaço (exemplo: pa̤nhe̤sa̤m [8316/13110], chahe̤ka [EF16/23910])
  • As centenas formam-se por sufixação do algarismo multiplicador com a palavra para cem (paa), exceto para cem mesmo: paa [10016/25610], jèpaa [20016/51210], sa̤mpaa [30016/76810], shìpaa [40016/1 02410], rápaa [50016/1 28010], lìumpaa [60016/1 53610], jiipaa [70016/1 79210], pa̤mpaa [80016/2,04810], paa [90016/2 30410], shrìpaa [A0016/2 56010], lèpaa [B0016/2 81610], dùpaa [C0016/3 07210], tyìpaa [D0016/3 32810], chapaa [E0016/3 58410] e kapaa [F0016/3 84010].
  • Os milhares formam-se por sufixação do algarismo multiplicativo com a palavra para mil (), exceto para mil mesmo: [1 00016/4 09610], jèbá [2 00016/8 19210], sa̤mbá [3 00016/12 28810], shìbá [4 00016/16 38410], rábá [5 00016/20 48010], lìumbá [6 00016/24 57610], jiibá [7 00016/28 67210], pa̤mbá [8 00016/32 76810], bá [9 00016/36 86410], shrìbá [A 00016/40 96010], lèbá [B 00016/45 05610], dùbá [C 00016/49 15210], tyìbá [D 00016/53 24810], chabá [E 00016/57 34410] e kabá [F 00016/61 44010].
  • Algumas regras fonológicas para compostos aplicam-se, especialmente um final /n/ torna-se um /m/ em frente de um /p/ ou um /b/. Assim, 60016 é lìumpaa e não lìunpaa, e 6 00016 é lìumbá e não lìunbá. Da mesma forma, 80016 é pa̤mpaa e não pa̤npaa, e 8 00016 é pa̤mbá e não pa̤nbá.
  • Os grandes números compostos formam-se agrupando os algarismos por três: jèpaa sa̤mhe̤pa̤n [23816/56810], bá ji [1 00116/4 09710], sa̤mbá dùhe̤ [3 0C016/12 48010]…

Fonte

Outras línguas artísticas

Aczu śavnecze, atlanteano, atriano, ayeri, azazilúŝ, barsoomiano, brooding, crioulo da cintura, dai, dovahzul, d’ni, engála, giak, grayis, hen linge, hiuʦɑθ, hyliano, illitan, ithkuil, itláni, kēlen, kiitra, KiLiKi, láadan, na’vi, nìmpyèshiu, shiväisith, siinyamda, toki pona, tpaalha, trigedasleng, tüchte, va ehenív, verduriano e wardwesân.

Outras línguas suportadas

As outras línguas atualmente suportadas são muito numerosas para serem listadas aqui. Por favor selecione uma língua na lista completa das línguas suportadas.

Este site usa cookies para fins estatísticos e de publicidade. Ao utilizar este site, você aceita o uso de cookies.