Compartilhar:  

Contar em bayën

Visão geral da língua

Quarenta e dois em bayën O bayën é uma língua construída concebida pela linguista Margaret Ransdell-Green para o seu mundo construído de Aeniith, um mundo onde ela desenvolve várias espécies com a sua biologia, cultura, música e, claro, línguas. O bayën é a língua dos Bayë, um grupo de humanóides sociais. Compreende cinco dialectos, incluindo o mais falado, o bayënfrinna, ou bayën. Língua altamente aglutinante, o bayën tem um sistema de declinação de nove casos, cinco tempos verbais, cinco aspectos, três vozes e três modos. Com as suas mãos de seis dedos, os Bayën contam na base 6.

Por falta de dados, só podemos contar até 100 em bayën. Por favor entre em contacto comigo se puder ajudar com esta limitação.

Lista de números em bayën

  • 1 – na
  • 2 – mis
  • 3 – la
  • 4 – wor
  • 5 – mjel
  • 6 – θess
  • 7 – θessna
  • 8 – θessmis
  • 9 – θessla
  • 10 – θesswor
  • 11 – θessmjel
  • 12 – misθess
  • 13 – misθessna
  • 14 – misθessmis
  • 15 – misθessla
  • 16 – misθesswor
  • 17 – misθessmjel
  • 18 – laθess
  • 19 – laθessna
  • 20 – laθessmis
  • 30 – mjelθess
  • 40 – θessθesswor
  • 50 – θessmisθessmis
  • 60 – θessworθess
  • 70 – θessmjelθesswor
  • 80 – misθessnaθessmis
  • 90 – misθesslaθess
  • 100 – misθessmjelθess
  • 1 000 – θesswor misθesseworθess

Regras de numeração do bayën

Agora que teve uma visão geral dos números mais comuns, vamos passar para as regras para escrever as dezenas, os números compostos, e porque não as centenas, os milhares e além (se for possível).

  • Os algarismos de um a seis são na [1], mis [2], la [3], wor [4], mjel [5] e θess [6].
  • De sete a onze, os números formam-se adicionando a unidade aditiva a seis, sem espaço: θessna [7] (6+1), θessmis [8] (6+2), θessla [9] (6+3), θesswor [10] (6+4) e θessmjel [11] (6+5).
  • As dezenas senárias (ou de base 6) são: misθess [12] (2*6), laθess [18] (3*6), worθess [24] (4*6), mjelθess [30] (5*6), θessθess [36] (6*6), θessnaθess [42] (7*6), θessmisθess [48] (8*6), θesslaθess [54] (9*6), θessworθess [60] (10*6), θessmjelθess [66] (11*6), misθessθess [72] (12*6), misθessnaθess [78] (13*6), θessworθess [84] (14*6), misθesslaθess [90] (15*6), misθessworθess [96] (16*6) e misθessmjelθess [102] (17*6).
  • Os números senários compostos formam-se pela adição da unidade aditiva à dezena de base 6, sem espaço (exemplo: worθessna [25] (4*6+1), θessθessmis [38] (6*6+2)).
  • A palavra para cem é misθessworθesswor [100], o que significa literalmente (2*6+4)*6+4.
  • Duzentos é expresso como mislekiir misθessworθesswor [200], de mislekiir, que significa dois de si, portanto, aqui duas vezes cem.
  • Mil diz-se θesswor misθessworθesswor [1 000] (10*100).
  • Dois mil também é expresso com mislekiir: mislekiir θesswor misθessworθesswor [2 000].
  • Podemos ver que este sistema é senariano na sua essência, mas influenciado pela numeração decimal, o que pode ser explicado pela influência de outros grupos raciais Aeniith que usam um sistema decimal.

Fonte

Outras línguas artísticas

Aczu śavnecze, aramtescano, arodjun, atlanteano, atriano, ayeri, azazilúŝ, barsoomiano, bayën, brooding, chakobsa, crioulo da cintura, dai, dovahzul, d’ni, engála, epigeano, giak, gnóma, grayis, griomiano, hen linge, hiuʦɑθ, hyliano, illitan, ithkuil, itláni, kala, kēlen, kiitra, KiLiKi, láadan, mini, mondir, na’vi, neziba, nìmpyèshiu, santaa, shiväisith, siinyamda, toki pona, tpaalha, trigedasleng, tüchte, va ehenív, valthungiano, verduriano, wardwesân e wóxtjanato.

Outras línguas suportadas

As outras línguas atualmente suportadas são muito numerosas para serem listadas aqui. Por favor selecione uma língua na lista completa das línguas suportadas.