Compartilhar:  

Contar em tunica

Visão geral da língua

Quarenta e dois em tunica A língua tunica (luhchi yoroni), também conhecida como tonica ou yuron, é uma língua indígena da América isolada, pelo que não tem qualquer relação genealógica com outras línguas. Foi a língua do povo Tunica no Vale Central e do Baixo Mississippi, nos Estados Unidos. Extinta em 1948 quando morreu o seu último falante nativo, Sesostrie Youchigant, está a ser revitalizada desde 2010 pela nação Tunica-Biloxi, localizada no centro leste da Louisiana, e conta com cerca de 32 falantes de segunda língua.

Lista de números em tunica

  • 1 – saxk
  • 2 – ī’lī
  • 3 – ē’nixku
  • 4 – ma’ku
  • 5 – si’ku
  • 6 – ma’xsaxk
  • 7 – ta-i’xku
  • 8 – ti’xsixku
  • 9 – tū’xkusaxk
  • 10 – mī’tcu saxk
  • 11 – tă’ya saxk
  • 12 – tăy-ī’lī
  • 13 – mī’tcusaxk tăyē’nixku
  • 14 – mī’tcusaxk tă’yamaku
  • 15 – mī’tcusaxk tă’yasiku
  • 16 – mī’tcusaxk tăyamaxsak
  • 17 – mī’tcusaxk tăyatai’xk
  • 18 – mī’tcusaxk tăyatixsik
  • 19 – mī’tcusaxk tăyatū’ksaxk
  • 20 – mī’tc-īlī
  • 30 – mī’tc-ē’nixku
  • 40 – mī’tce ma’nku
  • 50 – mī’tc si’ku
  • 60 – mī’tce ma’xsaxk
  • 70 – mī’tce ta’-ixku
  • 80 – mī’tce ti’xsixku
  • 90 – mī’tce tū’kūsaxk
  • 100 – pō’lūn
  • 1 000 – pō’lūn tikha’yi

Regras de numeração do tunica

Agora que teve uma visão geral dos números mais comuns, vamos passar para as regras para escrever as dezenas, os números compostos, e porque não as centenas, os milhares e além (se for possível).

  • Os algarismos de um até nove têm nomes específicos: saxk (ou saxku) [1], ī’lī [2], ē’nixku [3], ma’ku [4], si’ku [5], ma’xsaxk [6], ta-i’xku [7], ti’xsixku [8] e tū’xkusaxk [9].
  • As dezenas formam-se começando por uma forma da palavra mī’tce, seguida por um espaço e o algarismo multiplicador: mī’tcu saxk [10], mī’tc-īlī [20], mī’tc-ē’nixku [30], mī’tce ma’nku [40], mī’tce ma’nku [50], mī’tce ma’xsaxk [60], mī’tce ta’-ixku (ou mī’tce ta’-iku) [70], mī’tce ti’xsixku [80] e mī’tce tū’kūsaxk [90].
  • Onze e doze são irregulares: tă’ya saxk ou mī’tcusată’sa [11], e tăy-ī’lī ou mī’tcu saxk tăyī’lī [12].
  • Os números de treze até dezanove formam-se começando pela palavra para dez sem espaço (mī’tcusaxk), seguida pela unidade com uma forma de tă’ya como prefixo: mī’tcusaxk tăyē’nixku [13], mī’tcusaxk tă’yamaku [14], mī’tcusaxk tă’yasiku [15], mī’tcusaxk tăyamaxsak [16], mī’tcusaxk tăyatai’xk [17], mī’tcusaxk tăyatixsik [18] e mī’tcusaxk tăyatū’ksaxk [19].
  • Os números compostos por acima de vinte formam-se começando pela dezena, e logo a unidade com uma forma de tă’ya como prefixo (exemplo: mī’tc-īlī tăyatixsik [28], mī’tc si’ku tăyē’nixku [53], mī’tce tū’kūsaxk tă’yamaku [94]).
  • As centenas formam-se começando pela palavra para cem (pō’lūn), seguida pelo algarismo multiplicador separado por um espaço, com a exceção de cem: pō’lūn [100], pō’lūn ī’lī [200], pō’lūn ē’nixku [300], pō’lūn ma’ku [400], pō’lūn si’ku [500], pō’lūn ma’xsaxk [600], pō’lūn ta-i’xku [700], pō’lūn ti’xsixku [800] e pō’lūn tū’xkusaxk [900].
  • Mil escreve-se pō’lūn tikha’yi [1 000].

Escrever un número em palavras em tunica

Passemos à aplicação prática das regras de numeração em tunica. Consegue adivinhar como se escreve um número? Digite um número e tente formulá-lo na sua cabeça, ou porque não escrevê-lo num pedaço de papel, antes de exibir a resposta.

Livros

Revitalization Lexicography: The Making of the New Tunica Dictionary Revitalization Lexicography: The Making of the New Tunica Dictionary
por , editora University of Arizona Press (2020)
[Amazon.com Amazon.com, Kindle - Amazon.com Kindle - Amazon.com]

Ligações

Línguas isoladas

Ainu, basco, burushaski, coreano, purépecha e tunica.

Outras línguas suportadas

As outras línguas atualmente suportadas são muito numerosas para serem listadas aqui. Por favor selecione uma língua na lista completa das línguas suportadas.

Este site usa cookies para fins estatísticos e de publicidade. Ao utilizar este site, você aceita o uso de cookies.