Compartilhar:  

Contar em burushaski

Visão geral da língua

Quarenta e dois em burushaski O burushaski (بروشسکی‎ romanizado como burū́šaskī) é uma língua isolada, no sentido de que não tem qualquer relação genealógica com outra língua. É falada pelo povo Burusho no norte de Gilgit-Baltistan, Paquistão, e conta com cerca de 112 000 falantes. A língua burushaski escreve-se num alfabeto perso-arábico alargado.

Por falta de dados, só podemos contar até 1 000 em burushaski. Por favor entre em contacto comigo se puder ajudar com esta limitação.

Lista de números em burushaski

  • 1 – hik
  • 2 – altó
  • 3 – iskí
  • 4 – wálti
  • 5 – číndi
  • 6 – mishíndi
  • 7 – thalé
  • 8 – altámbi
  • 9 – huntí
  • 10 – tóorimi
  • 11 – turma-hik
  • 12 – turma-alto
  • 13 – turma-iski
  • 14 – turma-wálti
  • 15 – turma-číndi
  • 16 – turma-mishíndi
  • 17 – turma-thale
  • 18 – turma-altámbi
  • 19 – turma-hunti
  • 20 – altar
  • 30 – altar-toorimi
  • 40 – alto-altar
  • 50 – alto-altar-toorimi
  • 60 – iski-altar
  • 70 – iski-altar-toorimi
  • 80 – walti-altar
  • 90 – walti-altar-toorimi
  • 100 – tha
  • 1 000 – sáas

Regras de numeração do burushaski

Agora que teve uma visão geral dos números mais comuns, vamos passar para as regras para escrever as dezenas, os números compostos, e porque não as centenas, os milhares e além (se for possível).

  • Os algarismos de um até nove têm por nomes específicos (utilizamos aqui a classe dedicada à contagem abstracta): hik [1], altó [2], iskí [3], wálti [4], číndi [5], mishíndi [6], thalé [7], altámbi [8] e huntí [9].
  • A língua Burushaski segue um sistema de numeração vigesimal (de base 20) para as suas dezenas: tóorimi [10], altar [20], altar-toorimi [30] (20+10), alto-altar [40] (2*20), alto-altar-toorimi [50] (2*20+10), iski-altar [60] (3*20), iski-altar-toorimi [70] (3*20+10), walti-altar [80] (4*20) e walti-altar-toorimi [90] (4*20+10).
  • Os números compostos de onze a dezanove formam-se começando por uma forma da palavra para dez (turma), ligada por um traço à unidade, sem diacríticos: turma-hik [11], turma-alto [12], turma-iski [13], turma-walti [14], turma-čindi [15], turma-mishindi [16], turma-thale [17], turma-altambi [18] e turma-hunti [19].
  • Os números compostos superiores a vinte formam-se começando pela dezena, seguida pela unidade sem diacrítico, ligada por um traço (exemplo: altar-iski [23], alto-altar-turma-hunti [59]).
  • A palavra para cem é tha [100].
  • A palavra para mil é sáas [1 000].

Escrever un número em palavras em burushaski

Passemos à aplicação prática das regras de numeração em burushaski. Consegue adivinhar como se escreve um número? Digite um número e tente formulá-lo na sua cabeça, ou porque não escrevê-lo num pedaço de papel, antes de exibir a resposta.

Livros

Burushaski as an Indo-European Kentum Language Burushaski as an Indo-European Kentum Language
por , editora LINCOM (2009)
[Amazon.com Amazon.com]

Parlons bourouchaski Parlons bourouchaski
por , editora L’Harmattan (1999)
[Amazon.com Amazon.com]

Dictionnaire du bourouchaski du Yasin Dictionnaire du bourouchaski du Yasin
por , editora Peeters (2014)
[Amazon.com Amazon.com]

Línguas isoladas

Ainu, basco, burushaski, coreano e purépecha.

Outras línguas suportadas

As outras línguas atualmente suportadas são muito numerosas para serem listadas aqui. Por favor selecione uma língua na lista completa das línguas suportadas.

Este site usa cookies para fins estatísticos e de publicidade. Ao utilizar este site, você aceita o uso de cookies.