Compartilhar:  

Contar em innu-aimun

Visão geral da língua

Quarenta e dois em innu-aimun O innu (innu-aimun), também conhecido como montagnais, pertence ao grupo de línguas cree da família linguística algonquiana. Membro do continuum dialetal cree-montagnais-naskapi, é falado pelo povo Innu, ou Montagnais, na porção nordeste da província de Quebec e algumas porções orientais de Labrador, no Canadá. O innu conta nos arredores de 10 000 falantes de língua materna.

Por falta de dados, só podemos contar até 9 999 em innu-aimun. Por favor entre em contacto comigo se puder ajudar com esta limitação.

Lista de números em innu-aimun

  • 1 – peikᵘ
  • 2 – nishᵘ
  • 3 – nishtᵘ
  • 4 – neu
  • 5 – patetat
  • 6 – kutuasht
  • 7 – nishuasht
  • 8 – nishuaush
  • 9 – peikushteu
  • 10 – kutunnu
  • 11 – kutunnu ashu peikᵘ
  • 12 – kutunnu ashu nishᵘ
  • 13 – kutunnu ashu nishtᵘ
  • 14 – kutunnu ashu neu
  • 15 – kutunnu ashu patetat
  • 16 – kutunnu ashu kutuasht
  • 17 – kutunnu ashu nishuasht
  • 18 – kutunnu ashu nishuaush
  • 19 – kutunnu ashu peikushteu
  • 20 – nishunnu
  • 30 – nishtunnu
  • 40 – neunnu
  • 50 – patetat-tatunnu
  • 60 – kutuasht-tatunnu
  • 70 – nishuasht-tatunnu
  • 80 – nishuaush-tatunnu
  • 90 – peikushteu-tatunnu
  • 100 – peikumitashumitannu
  • 1 000 – peikutshishemitashumitannu

Diferenças dialetais entre Sheshatshiu e Natuashish

Os números apresentados nesta página correspondem ao dialeto falado na reserva innu de Sheshatshiu no Labrador, que tem uma população de cerca de 1 700 habitantes. A comunidade de Natuashish, também situada em Labrador, tem pouco mais de mil habitantes. Diferenças dialetais estão presentes entre os dialetos falados nestas duas comunidades. Aqui estão os quatro números cuja ortografia é diferente em Natuashish: ashutash [6], nishuautash [7], nianeu [8] e peikunnu [10]. Os números compostos a partir deles são, portanto, também diferentes: peikunnu ashu ashutash [16], nishunnu ashu nishuautash [27], nishuautash-tatunnu ashu nishuautash [77], nianeu-tatunnu ashu nianeu [88], ashutash-tatumitashumitannu ashu ashutash [606]…

Regras de numeração do innu-aimun

Agora que teve uma visão geral dos números mais comuns, vamos passar para as regras para escrever as dezenas, os números compostos, e porque não as centenas, os milhares e além (se for possível).

  • Os algarsimos de um até nove têm nomes específicos: peikᵘ [1], nishᵘ [2], nishtᵘ [3], neu [4], patetat [5], kutuasht [6], nishuasht [7], nishuaush [8] e peikushteu [9].
  • As dezenas formam-se pondo -(t)unnu como sufixo ao algarismo multiplicador de vinte até quarenta, e -tatunnu de cinquenta até noventa: kutunnu [10], nishunnu [20], nishtunnu [30], neunnu [40], patetat-tatunnu [50], kutuasht-tatunnu [60], nishuasht-tatunnu [70], nishuaush-tatunnu [80] e peikushteu-tatunnu [90].
  • Os números compostos formam-se começando pela dezena, logo a palavra ashu, e a unidade (exemplo: kutunnu ashu nishᵘ [12], patetat-tatunnu ashu nishuaush [58], nishuasht-tatunnu ashu patetat [75]).
  • As centenas formam-se pondo -mitashumitannu como sufixo ao algarismo multiplicador de cem até quatrocentos, e logo -tatumitashumitannu de quinhentos até novecentos: peikumitashumitannu [100], nishumitashumitannu [200], nishtumitashumitannu [300], neumitashumitannu [400], patetat-tatumitashumitannu [500], kutuasht-tatumitashumitannu [600], nishuasht-tatumitashumitannu [700], nishuaush-tatumitashumitannu [800] e peikushteu-tatumitashumitannu [900].
  • Os milhares formam-se pondo -tshishemitashumitannu como sufixo ao algarismo multiplicador de mil até quatro mil, e logo -tatutshishemitashumitannu de cinco mil até nove mil: peikutshishemitashumitannu [1 000], nishutshishemitashumitannu [2 000], nishtutshishemitashumitannu [3 000], neutshishemitashumitannu [4 000], patetat-tatutshishemitashumitannu [5 000], kutuasht-tatutshishemitashumitannu [6 000], nishuasht-tatutshishemitashumitannu [7 000], nishuaush-tatutshishemitashumitannu [8 000] e peikushteu-tatutshishemitashumitannu [9 000].

Escrever un número em palavras em innu-aimun

Passemos à aplicação prática das regras de numeração em innu-aimun. Consegue adivinhar como se escreve um número? Digite um número e tente formulá-lo na sua cabeça, ou porque não escrevê-lo num pedaço de papel, antes de exibir a resposta.

Livros

Grammaire de la langue innue Grammaire de la langue innue
por , editora Presses de l’Université du Québec (2014)
[Amazon.com Amazon.com, Kindle - Amazon.com Kindle - Amazon.com]

Fontes

Línguas algonquinas

Innu-aimun, malecite-passamaquoddy, miami-illinois, micmac, mohegan-pequot e ojíbua.

Outras línguas suportadas

As outras línguas atualmente suportadas são muito numerosas para serem listadas aqui. Por favor selecione uma língua na lista completa das línguas suportadas.

Este site usa cookies para fins estatísticos e de publicidade. Ao utilizar este site, você aceita o uso de cookies.